Ser

Engraçado!
Descobri que nome não tem significado
É sujeito (in)determinado
Do presente que busca o passado

O ser em si não se limita ao nome
Na verdade descreve pronome
Pra mensurar tal forma
Que ao se perceber, transforma

Forma que está além das molduras
É essência das fulguras
Fulguras das esperanças

Que faz um ser então nas lembranças?
Pode ser tom e pó
Com sentimentos tão frágeis
que chega a dar dó.

Elionai Dutra
Poemas

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Participe de outras categorias. Um Abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

Arte Reside

Glo(bra)lizado

Uma nota louca... Só isso!