Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Ser talvez humano

Por: Elionai Dutra

Máquinas não são humanas
Não são bípedes ou quadrúpedes
Não são espécies
São robôs controlados
Até a ferrugem os consumir

O ser que nasce constrói
Também remói as lembranças
Tenta equilibrar o tempo, cansado
É mais um momento
É só aquele tempo
Que não se controla
Tempo da espécie efêmera...

Um possível Natal

Por: Elionai Dutra

Aos meus amigos desejo toda sorte de felicidade! Dizia Castro ao conversar com sua prima Soraia. Eles sempre se viam pessoalmente no Natal ou no Ano Novo, mas desta vez a conversa era pelo MSN. Castro dispunha de sua jovialidade, um "cara bacana" como era mencionado na roda de amigos, ou um "cara sensacional" na roda familiar. Soraia tinha uma graciosidade inigualável (se compararmos com suas demais primas), esbanjava amor em tudo que fazia e seu coração era mais mole do que uma manteiga derretida.
Eles conversavam sobre amizade, que para Soraia era um bem mais precioso na jornada da vida. Começavam a descrever seus amigos, mostrando suas características, qualidades, defeitos e etc. Tudo na mesma proporção. Enquanto Soraia descrevia sobre uma amiga, Castro relatava sobre um amigo. Até que chegou numa história que faço questão de narrar, após pedi autorização para meu personagem. Espero que não se assustem com a situação, embora o sentido da hist…