Poesia que já não é...

Por: Elionai Dutra

O século da forma vinte um
A forma da escrita abstrata
Sem folhas, mas página
Sem pena, mas o latim "digitum"

E a poesia está lá
Onde não era
Próxima daquilo que se foi
Quando poetas ainda eram

De agora em minha poesia
Tudo é diante
Daquilo que se permanece
Ou algo que a interprete...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Uma nota louca... Só isso!

Glo(bra)lizado