Regra de cinco

Por: Elionai Dutra

E nem para me dizer
Que tudo era farsa "enêmica"
E nem para me contar
Que ela tinha cor anêmica

E nem para me mostrar
Que respeito é bom
E nem para me assegurar
Que provar é escolher o tom
Tom de tomada de decisão

E nem para me revelar
Que a regra era outra
E nem para me provar
Que a outra regra era contra

E nem três
E nem seis
Regra de cinco
Como dizia aquele japonês...

Comentários

  1. OLÁ SR. ELIONAI!!!

    Depois quero me explique melhor este poema, fiquei confusa rs..rs..rs..

    ResponderExcluir
  2. Talento na poesia, Elionai. Parabéns!! Beijos no seu coração, boa noite :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Participe de outras categorias. Um Abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Uma nota louca... Só isso!

Arte Reside