Soneto de Pérgamo-Brasil

Por: Elionai Dutra

Qualquer pedaço do tecido vegetal
Vegeta o pérgamo da flor
Que arranca o odor amazonal
E destila sarcasmo de horror...

Qualquer viagem "senádica" ao rio
Intenta uma rosa cor papel
Que observa o pérgamo pueril
Da mata de livros no beleléu...

Qualquer soneto de pérgamo
Que seja
Será pouco Brasil-Papiro...

Qualquer praga egípcia
Que denota tradição
Lembrará esta metonímia...

Comentários

  1. Paz Elionai... benção. aqui meu marido fez um blog essa semana tb, ele está iniciando o blog, ainda vai organiza-lo ,mas passa la depois e deixe seu comentário.Ele é pastor e tb deixa mensagens abençoadas lá.
    Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por comentar Aline!!

    Vou visitar sim!!

    Paz!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Participe de outras categorias. Um Abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Uma nota louca... Só isso!

Glo(bra)lizado