...Um reticente...

Por: Elionai Dutra

"Não sei ao certo
Ao certo não sei
O que se devia saber
E o que se devia dizer...

Não pude falar
Tampouco fazer
As coisas que advêm sobre meu ser...

Por isso escrevo
E nisso releio
Os textos escritos
E outros redigidos
Pela alma e pelo coração sentidos...

Não me leve a mal, não
Pois o que se devia falar é escrito pela mão
E o que se devia saber está entendido no coração
Mas aquilo que se devia fazer está reticente no porão
E isso combina com aquele que aprende a dizer não..."

Comentários

  1. Belo poema rapaz, meus parabéns!!!
    continue escrevendo...você tem um grande fã.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Participe de outras categorias. Um Abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Uma nota louca... Só isso!

Glo(bra)lizado