Os Pássaros

Poema Por: Elionai Dutra

Era um passar de amor, numa brisa com doçuras e frescuras à toa...
Era um canto de Colibris, a forma da arte de amar, no pulso das árvores...
Quando se ouvia nas matas, sacudia-se nas areias...
Da terra enxuta e recôndita se descobria a vida dos voadores poéticos, outrora esmerada...
O fulgor do sol enaltecia os ventos viçosos e ascendentes que balançavam os belos pássaros a voar na imensidão azul...

O futuro destes poetas que cantam e vivem livres está nas mãos dos que não sabem voar...
Inclinei-me. Incutiu-me um pensamento sem forma e vazio; não consegui criar o que, outrora, muitos despedaçaram...
No fundo do meu coração percebi as vidas dos pássaros que sumiam de mim...

É o que me fizeram crer...não sei voar. Por isso apenas contemplo os vôos rasantes dos belos pássaros...
Tomara que não me façam crer que os pássaros não podem mais voar...

Comentários

  1. Lindo !Lindo Texto !
    Sou amante da leitura e quando encontro um texto assim fico muito feliz !Parabéns pelo bloog!Deus esteja sempre com você te iluminando e lhe inspirando !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Participe de outras categorias. Um Abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Uma nota louca... Só isso!

Arte Reside