O Jovem Balu

Texto por: Márcio Patrício da Luz

"Balu...um Jovem rapaz
Balu era um sonhador...
Balu queria servir
Servir ao Exército...exército de seu País

***
Ao longo dos séculos...
Guerras, porfias e Orgias...
Guerras pelo petróleo...
Guerras pelo dinheiro...
Guerras pelo Domínio...Domínio do Planeta


***
Balu pegou o jornal...
E lá estava assim, escrito da seguinte forma: Crianças estão mortas...
Jovens, cinco mil jovens morreram combatendo em Guerras...
Combatendo mesmo sem querer...
Forçados a morrer pela sua família


***
Balu se alista no exército...
O exército de seu país...
Porque chegará a sua idade: dezoito anos; saiu na televisão:
Todos os jovens de dezoito anos devem se alistar para a Guerra


***
Balu é convocado...
Balu é treinado...
Balu é levado até o campo de guerra...
Pelo seu país, Balu matou muitos homens


***

Certa feita Balu ouve as palavras


Palavras de um missionário
Missionário da parte
Da parte do Senhor Jesus
Balu se comoveu
Balu se entristeceu
Balu pede perdão
Mas não quis aceitar
Aceitar a Cristo Jesus como seu Salvador

***
A mente de Balu estava pertubada
Balu já não guerriava da mesma maneira
Balu já não era o mesmo
Algo aconteceu com Balu
Balu ouviu o Evangelho
O que causou um grande efeito
Agora Balu passa por uma grande transformação

***
Certa feita Balu estava no campo
No campo de guerra
Um Grande combate...A luta está travada
Tiros de Canhão, Metralhadoras
Balu pega sua arma e atira
Acertou um alvo
Este alvo era um jovem... Do exército inimigo
Recém chegado a guerra

***
Balu corre, Balu estava apavorado

Balu chega até aquele jovem rapaz
E diz: Me perdoa, me perdoa
Este jovem ainda não tinha morrido
Ele pega este jovem
Tira o jovem da batalha
Balu olha nos olhos do jovem
Balu pergunta para o jovem
O que posso fazer?
O jovem diz: Eu tenho família
Não queria vir a guerra

***
Toma, este é meu endereço
Diga à eles que os amo
E não queria vir para a guerra
O jovem estava no colo de Balu

***
Com lágrimas nos olhos, o jovem expira e morre
Balu chora, pede perdão para Jesus
Aceita a Jesus, toma um tiro no peito
Horas depois, Balu morre
Balu morreu salvo
O Amor reinava no coração de Balu
Quando ouviu a Palavra do Missionário de Cristo"

***
Fim

***
*Obrigado ao escritor Marcio Patrício da Luz por ilustrar, com todo esmero, nosso Blog "Páginas do Conhecer" com a História de Balu que muito encantará as vidas que lerem este blog.

Agradeço pela contribuição literária! Abraços

Elionai Dutra Cunha (Diretor do Blog).





                            

Comentários

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Participe de outras categorias. Um Abraço!

Postagens mais visitadas deste blog

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Uma nota louca... Só isso!

Glo(bra)lizado