São Vidas, Vidas Amadas...


Texto Por: Elionai Dutra

"No canteiro do Jardim havia um mundo...
O mundo das flores e das vidas exalantes...
O mar, que era pouco, se tornou importante como Ribeiro de águas límpidas...
Apareceu alguém...alguém que olhava...
Esse olhar regava o Jardim...o Jardim florido...


Pássaros viviam a cantar e o mundo, sortido, a sonhar...
Sonhar com o ar que viria...passava e deixava uma memória...
A memória da vida...da vida partida...
Do olhar que regava...ah! esse ar era amar...
O Amor de viver... o bem de crescer e sentir o Mundo do encanto...
No canto do Jardim...


É...a Vida crescia no Ribeiro das Águas...
O mar que era pouco...do Amor de viver...


Sim...São Vidas, Vidas Amadas..."


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma nota louca... Só isso!

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Arte Reside