Acho que isso é felicidade

Texto Por: Elionai Dutra


"Não podemos dizer que estamos vivos, sem antes usar uma palavra para designar o bem".

Uma forma de nos balancear interiormente é olhar para a nossa construção emocional e psicológica, como encarando uma reforma do bem, um acabamento (retoque) ao amor.

Mas, como tratar o amor em situações complexas da vida?  O que trazer para colocar no muro da existência? A força? O prazer? A razão? A felicidade?

Se tudo se tornasse forte, o prazer não estaria em busca de um objeto para seus desejos compulsivos, assim, a razão perderia sua própria força ao se lançar em pensamentos contrários. Mas o que nos resta é pensar em uma construção abstrata do bem, portanto achamos a Felicidade!

O amor, o bem e o mal, se confundem com suas próprias naturezas por pessoas que, de alguma maneira, não conseguem entender uma simples e confusa palavra: Felicidade. O desejo de ser e estar é finito na proporção de encontrar algo para designar "aquilo que eu me sinto bem", por isso pensamos encontrar coisas que nos satisfaça, e confundimos com o prazer; sim, aquele prazer que, com força, poderia buscar seus objetos e abjetos para a celebração do "achar o bem".

Toda construção do bem envolve uma renúncia de "materiais profanos" (que sujam) ao amor. Entendemos, então, que a felicidade está na contrapartida da expressão: "Acho que isso é felicidade", pois ser feliz é renunciar os módulos da convivência destrutiva do bem, é amar aqueles que se atracam como nossos verdadeiros inimigos, é influenciar o caráter daquele que está perdido no mundo da confusão entre o amor e o prazer, é estarmos com pessoas especiais, mesmo sabendo que elas não entendem a Felicidade, e contemplar o belo de forma a enaltecer o Criador da beleza contemplada.

Dar, voluntariamente, alguma coisa à alguém é ser solidário, é contemplar o belo e construir um mundo do bem, de viver o amor, o sonho e ser feliz; assim como a Felicidade encontra as raízes do amor puro e verdadeiro, também sejamos felizes em construir os alicerces do bem de viver em Cristo Jesus.


Que todos procurem a Felicidade verdadeira, assim como o noivo procura a noiva pura e imaculada. 



 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#1 Páginas Ouvidas - Lavadeiras de Mossoró - Carlos Drummond de Andrade

Uma nota louca... Só isso!

Glo(bra)lizado